variedades

"Não precisa explorar mulher para vender cerveja"

11:52Rafaela Namorato


Essa foi a mensagem clara e objetiva da vice-presidente de marketing da Heineken, Daniela Cachich, durante entrevista ao portal PopMark.

Nós do Boteco Feminino aplaudimos de pé essa posição, pois está mais do que na hora das marcas de cerveja entenderem, de uma vez por todas, que o uso dos estereótipos não faz mais sentido algum. Estamos em pleno ano de 2016 e muitas cervejarias acreditam, infelizmente, que explorar a imagem da mulher como forma de atrair o público estratégico, que elas ainda acreditam ser formado somente por homens, é a opção certa!



Durante a entrevista a VP de marketing da Heineken ressaltou que a empresa não é adepta ao uso de estereótipos e que prefere dar lugar às experiências do que aos conteúdos apelativos.

Atualmente, 30% do público da Heineken é formado por mulheres, daí a proposta de criar um conteúdo mais inteligente e desafiador. 

Esta iniciativa da Heineken em abrir mão dos clichês das propagandas tradicionais de cerveja veio também como um posicionamento estratégico. Daniela Cachich explicou que desde o momento da sua instalação no Brasil a Heineken já sabia o desafio que teria pela frente, pois estava no 4º lugar entre as marcas consumidas no país e ainda contava com um investimento muito menor. A construção da marca deveria fugir a tudo o que já vinha sendo feito pelas concorrentes se quisesse se firmar no mercado, e não explorar a imagem feminina estava entre as iniciativas.

Recentemente a empresa lançou um comercial intitulado "The Hero" mostrando o ponto de vista feminino com relação ao consumo de cerveja pelos homens. Embora as mulheres também tenham consumido muito mais cerveja ultimamente, elas dispensam aqueles homens que perdem a linha e valorizado aqueles que conhecem os seus próprios limites e não os ultrapassam. Neste filme, as mulheres saem pelas ruas cantando a canção "Holding out for a hero", da cantora Bonnie Tyle.


Com este filme, a Heineken chamou a atenção do público mais uma vez, pois ao contrário do que costumamos ver a empresa não faz nenhum tipo de apologia ao consumo da bebida e mostra, baseada em pesquisas, o que as mulheres realmente pensam sobre os caras que bebem demais e se acham os donos da situação. Assista o vídeo:




Outro detalhe importante na fala da vice-presidente está também o respeito pela marca. Ela ressalta que a Heineken, muito mais do que uma marca é também o nome da família que dirige a empresa. Isso faz com que exista um respeito não só pelo produto mas também pelas pessoas e pelas outras marcas.

Você pode ler a entrevista na íntegra clicando aqui!


#Cheers




You Might Also Like

0 comentários

Deixe seu comentário. Ele é muito importante para nós!

Snapchat: @obotecofeminino

Snapchat: @obotecofeminino

Arquivo do blog

Formulário de contato