cervejas comprando cervejas

Comprando Cervejas: Coloração

11:54Rafaela Namorato




Dando continuidade ao nosso Comprando Cervejas, uma série de posts para ajudar as cervejeiras iniciantes (como euzinha!) na missão de entender um pouco sobre as centenas de rótulos de cervejas disponíveis no mercado, vamos conversar um pouquinho sobre coloração.

Leia também o primeiro post da nossa série onde estamos falando sobre Índices de Amargor da cerveja com base no IBU. Clique aqui!

Bom, certamente você já deve ter ouvido algumas conversas sobre preferência entre cerveja clara ou escura. Mas, você sabe qual a diferença uma cerveja clara e uma cerveja escura?

Algumas pessoas costumam definir a cerveja clara como sendo uma cerveja mais leve e mais fraca em termos alcoólicos; enquanto a cerveja escura é classificada como uma cerveja mais forte e adocicada.

Acontece que estas são definições básicas e até mesmo muito limitadas e que não levam em conta outras condições que podem influenciar diretamente no resultado final da cor da cerveja. Inclusive, um mito que precisa ser quebrado é justamente este, o de correlacionar a cor da cerveja ao teor alcoólico.    

Neste post vamos tratar especificamente sobre a cerveja escura. Ok?

O que você precisa saber sobre a cerveja escura:

servindo cerveja escura

1 - Afinal, cerveja preta e cerveja escura é a mesma coisa? A resposta é sim. Mas, os especialistas cervejeiros preferem utilizar o termo cerveja escura. Particularmente, também prefiro o termo cerveja escura, uma vez que a tonalidade costuma variar bastante.

as muitas cores de cerveja
Fonte: edelbrau.wordpress.com

2 - Embora toda Malzbier (cerveja de malte) seja uma cerveja escura, nem toda cerveja escura é uma Malzibier

3 - Existem duas formas de escurecimento da cerveja. Uma é através da utilização de maltes torrados, enquanto a outra é através da utilização de caramelos no processo produtivo. Por isso, é muito comum que você encontre cervejas escuras com aroma e sabor de baunilha, café e até chocolate.

4 - As cervejas escuras são classificadas por família, estilo e procedência. Mesmo que através da garrafa você não consiga visualizar perfeitamente a cor da cerveja, ao encontrar as nomenclaturas abaixo você saberá que se trata de uma cerveja escura:
  • Schwarz Bier: Origem alemã; feita com malte suave ela é um pouco mais seca, mas muito refrescante;
  • Strong Dark: Origem belga; possui uma fermentação mais forte dando destaque ao malte;
  • Strong Scoth: Origem belga; feita com maltes mais perceptíveis e fermentada em temperaturas mais altas;
  • Dunkel: Origem alemã; possui um sabor de malte bem mais aguçado e teor alcoólico médio;
  • Porter: Originária do Reino Unido; possui um corpo leve, pouco amargor e teor alcoólico de médio a alto;
  • Imperial Stout: Origem inglesa; alto teor alcoólico, chegando a ser comparada a um licor. Idela para dias frios;
  • Malzbier: Origem alemã; é uma cerveja escura e doce de baixíssimo teor alcoólico. Inclusive, na Alemanha, devido a este baixo teor alcoólico, a Malzbier é considerada mais uma bebida energética do que de fato uma cerveja.



5 - Em termos de harmonização da cerveja escura, devido sabor mais tostado e adocicado, elas combinam perfeitamente com comidas bem assadas ou grelhadas. Aliás, uma boa dica para um churrasco é abandonar a pilsen e apostar em cervejas como a Dunkel e a Schwarz Bier. Há uma harmonização bastante interessante ainda com molhos adocicados e sobremesas à base de chocolate amargo.

Aqui no Boteco Feminino já rolou uma resenha bem legal sobre a cerveja Xingu, uma mulata brasileira que ganhou o nosso coração. Vale a pena conferir!

E pra você? Qual é a melhor cerveja escura do mercado? Conta pra gente!!!

Te espero para o nosso próximo bate-papo!

#Cheers

*Declaramos que as imagens utilizadas nesta postagem não são de autoria do Boteco Feminino/Rafaela Namorato, bem como não pertencem ao blog O Boteco Feminino. Qualquer problema ou reclamação relacionado aos direitos autorais das mesmas podem ser enviadas diretamente através do contato do blog.

You Might Also Like

1 comentários

  1. Depois que comecei a me arriscar no universo cervejeiro, as pilsen não me agradam o paladar...rs
    Adorei as dicas das cervejas escuras, já provei uma que a memória não me deixa lembrar, sei que era Dunkel.

    Beijoks

    www.atesemsalto.com

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário. Ele é muito importante para nós!

Snapchat: @obotecofeminino

Snapchat: @obotecofeminino

Arquivo do blog

Formulário de contato